Trabalhando em Unidade para a Transformação do Brasil

Liderança da Aliança Evangélica se reúne em Campinas

Nos dias 20 e 21 de fevereiro, em Campinas, 30 homens e mulheres, vindos de vários lugares do Brasil e pertencentes a diferentes igrejas, atenderam a Reunião Anual do Conselho Coordenador da Aliança Evangélica, com Assessores e convidados.

Está começando um novo mandato trienal do Conselho Coordenador da Aliança. A eleição foi em 15 de novembro, na Assembleia Geral , em São Paulo.

Uma pergunta norteou a reflexão e oração dos presentes: o que a Aliança faz? Para que a Aliança existe? Reafirmamos nossa missão, que é: “fomentar a unidade cristã, estimular parcerias a serviço da missão de Deus e ser voz profética no Brasil”. Assim, queremos:

  • Sinalizar o Reino de Deus;
  • Despertar a fé e o senhorio de Cristo;
  • Tornar-se referência de credibilidade e integridade perante a sociedade.

Isso pode transformar o Brasil. E sabemos que juntos podemos ser mais usados por Deus e fazer mais e melhor a missão que Ele nos deu.

Com a presença e reflexão trazida pelo irmão Paul Freston, estivemos pensando sobre este ano eleitoral e as polarizações que se manifestam em nosso meio. Não é esperado que os irmãos e irmãs tenham a mesma opinião sobre assunto. Mas temos de evitar de cair na armadilha de quebrar a unidade e macular o amor de uns pelos outros.
Também o irmão José Prado, da REMIR – Rede Evangélica de Ministérios a Imigrantes e Refugiados, trouxe uma palavra de desafio sobre o clamor dos imigrantes e refugiados à igreja evangélica no Brasil.

Além dos momentos de comunhão e compartilhamento, tivemos os momentos de deliberações por parte do Conselho. Principalmente, relacionados aos desafios e ações para que a Aliança cumpra sua missão. E nisso, mais uma vez, fica clara a necessidade do engajamento dos irmãos e irmãs que tem caminhado conosco e tantos que ainda podem vir a participar e fortalecer o ministério da Aliança Evangélica.

A unidade na fé em Jesus a serviço da evangelização e transformação do Brasil é o que nos desafia. Por obediência a Jesus respondemos a este chamado. A Aliança está aberta às novas e necessárias filiações. Nossos canais podem ser acessados, aqui mesmo no site da Aliança.

 

Imprimir